A Betclick oferece-lhe a sua primeira aposta de 20€!
Página inicial
História das espadas
Regras das espadas
Links
_________________

   
 



Embora possa ser jogado com os 2, 3, 4, ou 6 jogadores, a versão
mais comum das espadas é o jogo de quatro jogadores. Formam-se duas equipas de 2 parceiros cada. Sendo que, os parceiros (equipa) sentam-se frente-a-frente, ficando os jogadores alternados, da equipa A e equipa B.
A primeira equipa a atingir os 500 pontos vence. Se ambas alcançarem 500 na mesma mão, ganha a equipa que tiver acumulado mais pontos.

Cada jogador retira uma carta para determinar quem distribui primeiro. O jogador que retirar a carta mais alta é o distribuidor. A vez do próximo jogador a distribuir segue no sentido dos ponteiros do relógio.

Todas as 52 cartas são distribuídas, sendo que cada jogador recebe 13 cartas. Cada equipa indica o número de vazas que esperam fazer durante aquela mão. Antes de indicar as vazas que fazem, os parceiros da equipa, podem discutir quantas vazas (tricks) julgam que fazem, sem nunca dar informações específicas acerca das cartas que possuem. Então os jogadores anunciam a sua oferta à vez. O número estimado de vazas a serem vencidas entre os dois parceiros é chamado de contrato. Não é permitido passar, e nenhum naipe é escolhido como trunfo, já que espadas são sempre trunfo.

Exemplo: o jogador à sua esquerda aposta três vazas, o seu parceiro também aposta três, o próximo jogador aposta quatro e você aposta duas. Isso significa que o contrato dos seus oponentes é de ganhar sete vazas, enquanto o contrato da sua equipa é de ganhar cinco vazas. Se o seu parceiro ganhar quatro vazas e você apenas uma, ainda assim vocês cumpriram o contrato. É uma boa ideia anotar as apostas.

As apostas começam pela esquerda do distribuidor e continuam no sentido horário.
 

Um jogador pode dizer que faz todas as vazas de 1 a 13, ou pode indicar "nulo" (nil), que é um compromisso em não fazer vaza nenhuma nessa mão. A oferta feita pelo parceiro do licitante do nulo transforma-se no total que essa equipa apostou nessa mão. Não importa quem ganha as vazas, desde que a equipa cumpra o contrato.
Um jogador cuja a equipa esteja a pelo menos 100 pontos atrás da outra equipa seja ao, pode apostar o "nulo cego" (double nil). Ou seja, sem ver as cartas que tem para jogar essa mão, aposta que não faz nenhuma vaza.



Nulo Cego Passando (double nil passing)
Pode-se jogar uma variante do nulo cego, que consiste em após o licitante fazer a aposta e ver as cartas, poder escolher duas e trocar com o parceiro. Essa troca é feita com a face das cartas virada para a mesa de jogo. O parceiro do apostador do nulo cego recebe as 2 cartas viradas para baixo, escolhe 2 cartas e devolve-as ao parceiro, com a face para baixo, também. Esta variante só pode ser aplicada se no início do jogo for acordada esta possibilidade entre os jogadores intervenientes. Para além disso o nulo cego passando, só pode ser aplicado, se a equipa do jogador que aposta tiver pelo menos 200 pontos a menos que a outra equipa.
 

Como jogar

O jogador à esquerda do distribuidor começa, mas não pode jogar uma espada (trunfo) na primeira vaza. O jogo continua no sentido dos ponteiros do relógio. Você deve seguir (obedecer) o naipe inicial. Se você não pode seguir o naipe, jogue qualquer carta. Você não precisa jogar um trunfo, a menos que seja o naipe inicial. A carta mais alta do naipe inicial ganha a vaza a menos que um trunfo de espadas ganhe a vaza . Se mais de um trunfo for jogado numa vaza, o trunfo mais alto ganha. Se espadas não for o naipe inicial, uma carta de espadas apenas pode ser jogada se o jogador não tiver mais cartas do naipe inicial. Uma espada não pode ser o naipe inicial até que uma espada tenha "superado" uma vaza anterior de um naipe diferente ou quando sobraram apenas espadas na mão. O ganhador de uma vaza lidera a próxima rodada.

As cartas de uma vaza devem ficar juntas num monte visível a todos os jogadores. Cada monte deve ter alguma separação, para que as vazas possam ser contadas durante e após o jogo. Isso facilita o cálculo dos pontos. Se um jogador mantém cartas do naipe inicial em mãos, mas não segue o naipe inicial, a sua equipa não pode marcar nenhum ponto, mesmo cumprindo o seu contrato.


Pontuação
Se uma equipa fizer as vazas que apostou, ganha 10 pontos para cada vaza apostada. Por exemplo, se você e o seu parceiro apostaram cinco vazas e cumpriram seu contrato, vocês receberão 50 pontos.

Se tiver feito mais vazas do que as apostadas, ganha mais 1 ponto para cada vaza extra (vulgo saco) que tenha feito. Se uma equipa acumular 10 vazas extra, são deduzidos 100 pontos à pontuação da equipa. Uma equipa que não cumpra a sua aposta, perde 10 pontos por cada vaza apostada. Por exemplo, a sua equipa aposta oito vazas, e os seus oponentes apostam 4. A sua equipa vence 10 vazas, e o seu oponente vence três. A sua equipa obtém 82 pontos (um contrato cumprido de 8, mais dois sacos); os seus oponentes perdem 40 pontos (por não conseguirem cumprir o contrato de 4 rodadas).

Um jogador que aposte nulo, e não receba vazas, pontua 100 pontos para a sua equipa. Se pelo contrário, receber alguma vaza, são retirados 100 pontos à equipa. Em qualquer dos casos a mão é contabilizada normalmente, com cada equipa ganhando ou perdendo pontos consoante as suas apostas e o número de vazas feitas. O apostador do nulo cego se for bem sucedido recebe 200 pontos, caso contrário, perde 200 pontos da equipa.


Suicídio (suicide)
Outra variante das espadas é o suicídio, em que antes de começarem a jogar, decidem que em cada mão um jogador de cada equipa, deve ter um apostador de nulo, ou uma aposta de nulo cego passando - para a qual a equipa que aposta deva ter pelo menos, 200 pontos de diferença da outra equipa.

 

Estratégias e dicas

Sacos: os sacos podem não parecer uma grande penalidade, mas apostar baixo tem consequências negativas. Logo que os seus sacos chegam a um total de 10 (além dos pontos gerais, também mantenha anotada a pontuação dos sacos separadamente), 100 pontos são subtraídos da sua pontuação total. Se você tem mais do que 10 sacos, o restante começa uma nova contagem até 10.
Por exemplo, você ganha aposta que vai ganhar 4 vazas e ganha 6. Se você já tem nove sacos, irá ser penalizado com 100 pontos, e já terá um saco para a próxima contagem de 10. Os sacos como forma de penalidade ajudam a desencorajar apostas baixas.

Devido aos sacos, ganhar rodadas a mais não é vantajoso, então preste atenção para situações onde você tem ambas, a carta mais alta e a carta mais baixa de um naipe e pode controlar se ganha ou não uma vaza. Se você tem 10-7, por exemplo, e você sabe que a única espada sobrando é o 8 do seu oponente, dependendo do número de rodadas que você quer ganhar, você pode escolher se ganha 8 ou perde.

   

© 2003-2009, Spades